Candidatos

Valdireny Mira

Nome Completo: Valdireny de Mira da Silva

Número: 31322

Cidade/Região: Paulínea

Candidato a: Deputado Estadual

Vídeos PHS-SP em Destaque

Compartilhe o Santinho:

Histórico do Candidato:

Valdireny Mira superou dificuldades no decorrer da vida. Nasceu em Goioerê, Paraná, mas, em 1973, mudou-se para a região de Campinas. Morou em Sumaré, Hortolândia, Campinas e mora em Paulínia há vinta anos.

Diagnosticada precocemente com Osteogênese Imperfeita, doença rara que afeta os ossos, tornando-os bem frágeis e sujeitos a rupturas, Valdireny Mira tinha o sonho de ser mãe. No entanto, sempre foi aconselhada a desistir desse sonho até pela própria mãe. Sem esmorecer, casou-se e realizou o sonho da maternidade dando à luz uma menina.

Há quase uma década, iniciou suas atividades de militância no Centro de Integração da Pessoa com Deficiência de Paulínia (CINDEP) e disputou uma vaga na diretoria.

Em 2009, realizou várias atividades sociais, articulando com a sociedade civil e as ONGs da cidade com o objetivo de criar o Conselho Municipal dos Direitos das Pessoas com Deficiência de Paulínia. 

Levou a reunião do Núcleo Regional III, instância do Conselho Estadual para Assuntos das Pessoas com Deficiência de São Paulo para Paulínia, contribuindo no processo da criação do Conselho Municipal dos Direitos das Pessoas com Deficiência de Paulínia. Realizou o Primeiro Fórum Regional para tratar dos assuntos das Pessoas com Deficiência da Região Metropolitana de Campinas (RMC).

Articulou e organizou o primeiro evento em Paulínia com a palestra “Doenças Raras na Cidade” e referências ao Dia Internacional das Doenças. Organizou o primeiro workshop sobre a Lei de Cotas, em Paulínia.

Valdireny Mira coordenou o Instituto Baresi, atendendo e orientando pessoas com doenças raras; presidiu o Conselho Municipal dos Direitos das Pessoas com Deficiência de Paulínia e coordenou a ONG Essas Mulheres, no Estado de São Paulo. Hoje, é vice-presidente do Núcleo Regional III, na Região Metropolitana de Campinas (RMC).

 Propostas:

  • Centro de Referência para pessoas com doenças raras;
  • Diagnóstico precoce da doença e custeio de tratamento;
  • Protagonismo da pessoa com deficiência;
  • Pelos direitos das mulheres com deficiência;
  • Inclusão de todas as pessoas com deficiência;
  • Contratação de pessoas com deficiência no mercado de trabalho.

Redes Sociais:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Notícias em destaque relacionadas a este conteúdo: